813bet reclame aqui -O Governo Federal anunciou nesta terça (4) que reforçou a assistência na Terra Indígen

Governo reforça 813bet reclame aqui -apoio à TI Yanomami após invasão

O Governo Federal anunciou nesta terça (4) que reforçou a assistência na Terra Indígena (TI) Yanomami após o ataque a tiros que deixou uma criança morta e cinco outras pessoas feridas na noite anterior,çaapoioàTIYanomamiapósinvasã813bet reclame aqui - na comunidade indígena Parima.

Os primeiros socorros foram prestados por uma equipe da Secretaria Especial de Saúde Indígena (Sesai), que tem base no local. Agentes da Polícia Federal e das Forças Armadas foram acionados logo após o ataque.

Nesta tarde (4), os feridos foram transferidos para hospitais em Surucucu e Boa Vista em aeronaves das Forças Armadas que contam com equipamentos para resgate emergencial. Segundo o jornal Folha de S. Paulo, há vítimas em estado grave.

Uma comissão foi formada pelos ministérios dos Povos Indígenas, Saúde, Meio Ambiente, Defesa e Justiça, além de entidades como a Fundação Nacional dos Povos Indígenas (Funai) para oferecer assistência aos indígenas feridos.

O Governo informou, ainda, que trabalha para identificar e responsabilizar os responsáveis pelo ataque. As ações de planejamento e execuções de operações para expulsão de garimpeiros prosseguem.

"O MPI [Ministério dos Povos Indígenas] reforça que segue trabalhando com as demais esferas de governo buscando a completa retirada dos garimpeiros das terras indígenas. Essa atividade degrada não só o meio ambiente, mas ataca o modo de vida e toda a organização social dos povos indígenas", disse o ministério, em nota.

Edição: Rodrigo Durão Coelho


Relacionadas

  • Bolsonaro soube da tragédia yanomami, mas ignorou; parlamentares reagem: &39;Crime de lesa-pátria&39;

  • Sonia Guajajara sobre TI Yanomami: "É quase uma guerra"

  • Governo cria comitê interministerial para enfrentar tragédia Yanomami

BdF
  • Quem Somos

  • Parceiros

  • Publicidade

  • Contato

  • Newsletters

  • Política de Privacidade

Redes sociais:


Todos os conteúdos de produção exclusiva e de autoria editorial do Brasil de Fato podem ser reproduzidos, desde que não sejam alterados e que se deem os devidos créditos.

Visitantes, por favor deixem um comentário::

© 2024.cc777sitemap